Programa de Prevenção ao Crime e à Violência de Pernambuco

O Programa de Prevenção ao Crime e à Violência de Pernambuco é uma parceria entre o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), a Secretaria de Estado de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas (SPVD) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para prestar apoio técnico na implementação e no monitoramento de parte do “Programa de Prevenção ao Crime e à Violência de Pernambuco”.

O programa conta ainda com a parceria do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT).

O acordo entre o UNODC, a SPVD e o PNUD tem o objetivo de apoiar a produção de subsídios técnicos para fortalecer a estratégia estadual integrada na prevenção das violências e no tratamento de transtornos associados ao uso de drogas, com base em evidências e nas melhores práticas internacionais.

A parceria prevê ainda a elaboração de uma matriz de indicadores para contribuir com o monitoramento das políticas de prevenção ao crime, à violência e ao uso indevido de drogas, voltadas aos adolescentes e jovens de 12 a 29 anos, expostos a violências e a situações diversas de vulnerabilidade social nas 20 (vinte) Áreas Integradas de Segurança (AIS) priorizadas pelo Estado de Pernambuco (Territórios Especiais de Cidadania – TECs).

A matriz terá como base a interface entre polícias e juventudes, por meio do Índice de Compliance da Atividade Policial (ICAP/UNODC); entre juventudes, vitimização letal e vulnerabilidades sociais, inspirada em indicadores como o Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência (IVJ). Ambos os índices estarão integrados à metodologia de mapeamento das redes de facções criminais.

O programa terá duração até julho de 2021.