TERMO DE REFERÊNCIA

CONSULTORIA PARA ASSESSORAMENTO DE COMUNICAÇÃO

Título:                                    Consultor

Unidade Organizacional:      Escritório de Ligação e Parceria do UNODC no Brasil (LPOBRA) -                                                 Unidade de Estado de Direito

Projeto:                                 GLO.ACT (Ação Global para Prevenir e Combater o Tráfico de 

                                                Pessoas e o Contrabando de Migrantes)

Supervisor:                            Coordenador da Unidade de Estado de Direito

Local:                                     Brasília, Brasil

Duração prevista:                  45 dias

Prazo final para envio de candidatura: 01 de março de 2017

1          OBJETIVO

Contratação de consultor(a) para desenvolver e executar estratégia de comunicação para o lançamento da Ação Global para Prevenir e Combater o Tráfico de Pessoas e o Contrabando de Migrantes (GLO.ACT) no Brasil.

  2          LOCAL DE TRABALHO E DURAÇÃO DO CONTRATO

Trabalho na cidade de Brasília/DF. Duração prevista de 45 (quarenta e cinco) dias.

  3          CONTEXTO

A Ação Global para Prevenir e Combater o Tráfico de Pessoas e o Contrabando de Migrantes (GLO.ACT) é uma iniciativa de quatro anos (2015‐2019), envolvendo a União Europeia (EU) e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), sendo implementada em parceria com a Organização Internacional para as Migrações (OIM) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). O programa faz parte de uma resposta conjunta ao tráfico de pessoas e ao contrabando de migrantes, e será implementado em 13 países estrategicamente selecionados na África, Ásia, Leste Europeu e América Latina. A iniciativa objetiva apoiar os países no desenvolvimento e implementação de estratégias nacionais de enfrentamento ao tráfico de pessoas e contrabando de migrantes.

 Neste sentido, o UNODC estará contratando um(a) profissional para desenvolver e executar uma estratégia de comunicação para o lançamento desta ação global no Brasil. A estratégia de comunicação deverá contemplar as metas e impactos da ação global, bem como promover a vontade política e a sensibilização da sociedade civil em apoio ás atividades de enfrentamento ao tráfico de pessoas.

  4          SUPERVISÃO

O(a) consultor(a) trabalhará sob a supervisão do Coordenador da Unidade de Estado de Direito do UNODC.

  5          ATIVIDADES

O(a) consultor(a) de comunicação ficará responsável pelas seguintes atividades:

  • Elaborar e implementar uma estratégia de comunicação publicitária e plano de trabalho (mídia e não mídia) para o lançamento da Ação Global para Prevenir e Combater o Tráfico de Pessoas e o Contrabando de Migrantes (GLO.ACT) no Brasil, tendo em conta a promoção das suas metas, o fortalecimento da vontade política, a sensibilização da sociedade civil, e a credibilidade do programa;
  • Disseminar atividades e informações necessárias antes do evento de lançamento do GLO.ACT por TV, rádio, imprensa, blogs, boletins informativos e redes sociais, incluindo organização de conferências de imprensa, comunicados de imprensa, notas, artigos e entrevistas relaciondas  com os temas abordados pela ação global;
  • Dialogar com atores estratégicos (sociedade civil, trabalhadores e gestores de ETP) para desenvolver, gerenciar, coordenar, implementar e monitorar uma estratégia de comunicação, assim como desenvolver produtos e atividades associadas ao evento de lançamento.
  • Elaborar ações de mobilização, comunicação e sensibilização dos diversos segmentos sociais.
  • Agir como ponto focal para contatos de mídia, conferências de imprensa, entrevistas e outros compromissos de mídia;
  • Durante o evento de lançamento, coordenar e organizar rodadas de perguntas feitas por convidados(as) e direcionadas a membros da mesa de abertura;
  • Elaborar o planejamento, a conceituação, a concepção, a criação, a execução, a intermediação e a supervisão da distribuição de publicidade aos veículos e demais meios de divulgação, com o objetivo de promover a difusão da GLO.ACT;
  • Adaptação de conteúdo das publicações e outros produtos de comunicação referentes à ação global;
  • Desenvolver projeto estratégico para a distribuição dos materiais de comunicação;
  • Criar e desenvolver formas inovadoras de comunicação publicitária, em consonância com novas tecnologias, visando à expansão dos efeitos das mensagens e das ações publicitárias da GLO.ACT;

Documentar o evento por meio de fotos e vídeos com câmera fotográfica profissional (ou semi-profissional). Esta atividade, a ser executada por um profissional de fotografia, deverá ser considerada na composição do valor da consultoria.

  • Ainda durante o evento, coordenar uma breve press conference entre a imprensa e o Representante do UNODC;
  • Após o evento de lançamento, preparar um relatório de impacto da estratégia de comunicação implementada;  
  • Obter subsídios e orientações do UNODC para a realização das atividades aqui listadas e produtos desta consultoria, participando de reuniões quando necessário.

  6          PRODUTOS ESPERADOS

Produto

Data estimada

% pagamento

Produto 1 -Planejamento estratégico de comunicação publicitária e plano de trabalho para o lançamento da Ação Global para Prevenir e Combater o Tráfico de Pessoas e o Contrabando de Migrantes (GLO.ACT)*

13/03/2017

30%

Produto 2 - Relatório de execução e avaliação de impacto da estratégia de comunicação e plano publicitário implementado.

27/03/2017

70%

* Documento de consolidação das informações sobre o conhecimento do mercado, público-alvo, estratégia de comunicação, os meios de divulgação, e plano publicitário para o lançamento da ação global.

  Observações:

  • O pagamento dos produtos está condicionado à aprovação do UNODC.

  7          QUALIFICAÇÕES EXIGIDAS

Qualificações obrigatórias:

  • Diploma universitário em relações públicas, jornalismo, comunicação, marketing, publicidade, propaganda, ou áreas afins;
  • Experiência mínima de 5 (cinco) anos em planejamento e organização de campanhas institucionais e/ou governamentais, ou em assessorias de comunicação e imprensa junto a órgãos de governos estadual e federal, entidades da sociedade civil, ou em advocacy;
  • Experiência comprovada em organização de ao menos três processos e/ou eventos de mobilização social em campanhas de conscientização para temas sociais, políticos e afins - experiências adicionais serão consideradas como adicional.
  • Experiência comprovada de produção de ao menos cinco materiais multimídia;
  • Experiência de trabalho no gerenciamento de conteúdo de páginas web e mídia social;

 

Qualificações desejáveis:

  • Experiência adicional a 5 (cinco) anos em planejamento e organização de campanhas institucionais e/ou governamentais, ou em assessorias de comunicação e imprensa junto a órgãos de governos estadual e federal, entidades da sociedade civil, ou em advocacy;
  • Experiência comprovada em organização de processos e/ou eventos de mobilização social em campanhas de conscientização para temas sociais, políticos e afins superior a 3 (três) processos/eventos.
  • Conhecimento comprovado na temática de tráfico de pessoas e contrabando de migrantes;
  • Experiência de trabalho no sistema ONU.

 Observações:

  • Os currículos devem, claramente, mostrar as informações a serem aferidas.
  • Experiências que sem  relação com os critérios analisados não serão consideradas. Servidores ativos da União, Estados e Municípios não poderão ser contratados, a não ser que forneçam carta de não objeção do órgão.

  8          AVALIAÇÃO E ENTREVISTAS

Somente os(as) três primeiros(as) candidatos(as) classificados(as) serão entrevistados(as). A composição da nota técnica será feita pela soma da nota da entrevista e a nota ponderada da análise curricular:

NT = CV + Entrevista

Somente os(as) candidatos(as) que atenderem aos requisitos mínimos passarão para a aferição dos itens pontuáveis das propostas técnicas com o fim de se estabelecer a pontuação técnica final.

O Resultado Final (RF) do processo será dado pela soma da Nota Técnica Final NT(i) multiplicada pelo fator 0,70, com a Nota da Proposta Comercial NC(i) multiplicada pelo fator 0,30, ou seja:

  RF = NT(i) x 0,70 + NC(i) x 0,30

NT(i) = Pontuação obtida da análise curricular e entrevista

NC(i) = Menor Preço ofertado / Proposta Comercial x 100

 

A proposta de menor preço terá a nota 100.

Será selecionada a proposta que alcançar o maior Resultado Final (RF).

  8          COMO SE CANDIDATAR

Interessados(as) devem enviar a documentação exigida para o endereço de e-mail recrutamento@unodc.org, com o assunto "Consultoria de Comunicação GLO.ACT" até o dia 1 de março de 2017. Os documentos necessários para a candidatura são:

  • Currículo breve (máximo 2 páginas) focado na descrição das exigências deste Termo;
  • Carta de apresentação; e
  • Proposta financeira listando os produtos a serem entregues e o valor para execução do trabalho, em documento assinado e datado, conforme modelo abaixo.

 

MODELO DE PROPOSTA FINANCEIRA

 Objetivo:

Desenvolver e executar estratégia de comunicação para o lançamento da Ação Global para Prevenir e Combater o Tráfico de Pessoas e o Contrabando de Migrantes (GLO.ACT) no Brasil de acordo com os termos de referência (TOR) publicados para a consultoria, desenvolvendo integralmente as atividades do Item 5 do TOR e entregando os produtos listados no Item 6.

Valor proposto em Reais:

Validade da proposta: 60 dias

 

Nome:

Assinatura (obrigatório)

Telefone e e-mail para contato