Autoridades cabo-verdianas apreenderam com sucesso mais de duas toneladas de cocaína em operação alto mar

Cabo Verde enfrenta muitos desafios por sua posição geográfica entre a América do Sul e a Europa, estrategicamente localizado na rota da cocaína. Como outros países da África Ocidental, é essencialmente um país de trânsito de drogas entre os dois continentes. No entanto, o Governo de Cabo Verde tem feito importante progressos na luta contra a droga e crimes conexos. Nesse sentido, o novo Programa Nacional Integrado (PNI) de Luta Contra Drogas e Crimes Conexos (2018 - 2023) está sendo implementado, com o apoio do ONUDC. Desde 2006, o ONUDC tem prestado assistência técnica no estabelecimento de instituições em Cabo Verde que sejam capazes de combater o crime organizado transnacional, a fim de promover a paz e a segurança como principais impulsionadores do desenvolvimento sustentável.

No dia 3 de agosto, a Polícia Judiciária de Cabo Verde apreendeu mais de 2 toneladas de cocaína (2. 256, 27 kg) numa operação conjunta em alto mar com a Guarda Costeira Nacional - em colaboração com o Centro Marítimo de Análise e Operações - Narcóticos (MAOC - N ), a Polícia Federal do Brasil e o apoio da Polícia Nacional. A droga foi apreendida na embarcação "PERPETUO SOCORRO DE ABAETE II". Cinco cidadãos brasileiros foram detidos e apresentados às autoridades judiciais competentes.

No dia 7 de agosto, apenas quatro dias após a apreensão, as autoridades cabo-verdianas realizaram a operação de destruição, para a qual o ONUDC foi convidado a participar. Esta operação revela a eficiência e seriedade dos processos judiciais que estão sendo adotados pelas autoridades em Cabo Verde.

Destruição das drogas apreendidas - 7 de agosto, 2019 

O apoio do ONUDC ao Governo de Cabo Verde é possível através do Escritório do Programa do ONUDC na Praia (POCV) e faz parte do Programa Regional do ONUDC para a África Ocidental (2016-2020). Os resultados obtidos até agora permitem que o país contribua para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), especialmente os ODS 3 e 16.

Os esforços do ONUDC têm se concentrado em apoiar as autoridades locais no fortalecimento do quadro jurídico nacional para combater o tráfico de drogas e o crime organizado, bem como treinar a aplicação da lei com foco especial na cooperação judicial internacional. Esta operação ocorreu apenas seis meses após a apreensão de 9,5 toneladas de cocaína em fevereiro de 2019 - a maior da história de Cabo Verde - revelando não apenas resultados positivos para o país, mas seu compromisso de continuar aumentando a capacidade nacional de combater as ameaças que as drogas e o crime representam para o país e para a região.